Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
4
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Leonardo Ralha

Alguém dá a terceira?

Os cadernos de classificados deste e de muitos outros jornais têm anúncios de prestadores de serviços que fazem algo a que se convenciona chamar convívio.

Leonardo Ralha 3 de Junho de 2011 às 00:30

Quem ousar ler tais páginas aprende todo um repositório de expressões que dizem tudo sem dizerem nada, sendo a mais curiosa a ‘segunda oportunidade’. Ou seja, o compromisso de que a prestadora ou prestador recomeçará tudo se o cliente for demasiado rápido.

Nos seis anos em que foi primeiro-ministro, Sócrates também concedeu Novas Oportunidades, criando um programa de equiparação em massa aos diplomas do ensino secundário claramente inspirado no seu amigo venezuelano Hugo Chávez, numa lógica de facilitismo que não destoa dos exames fáceis ao ponto do risível e das licenciaturas tiradas ao domingo no ‘ensino regular’.

Nova oportunidade é o que Sócrates pede agora. Uma terceira. Admite-se que a anterior terminou de forma abrupta e mais cedo do que o secretário-geral do PS desejaria, mas a primeira durou quatro anos em que fez tudo o que pretendia, sem prazer para os portugueses e com as lamentáveis consequências por todos reconhecidas e sentidas. É altura de os eleitores lhe dizerem, em tom de escondido embaraço, que o seu tempo chegou ao fim e tem de ir embora.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)