Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

César Nogueira

Apenas factos

A discussão na especialidade do OE 2012 levantou um muro de indeterminação acerca do futuro da segurança e, num registo que já não é inédito, o MAI anunciou algumas medidas como se fossem substancialmente positivas.

César Nogueira 20 de Novembro de 2011 às 01:00

 

De salientar o aumento do orçamento da GNR, tão badalado na imprensa. Há que chamar as coisas pelos nomes: não se destina esta verba a aumentos salariais, como erroneamente se tem por aí transcrito, mas sim ao posicionamento remuneratório de apenas parte do efectivo, ficando outra de fora.

Também a manutenção da política de desinvestimento e a destruição do subsistema de saúde da Guarda, nas justificações apresentadas, pareceriam medidas positivas, caso não fosse conhecido o seu conteúdo. Para a capacidade operacional – usada como mote para o anúncio de nova reorganização das forças de segurança –, contribui também a motivação dos profissionais e as suas condições de serviço, mas ao Governo isso pouco parece importar. Deve ter como garantida uma profunda e sentida indignação que, certamente, manifestar-se-á.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)