Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
18 de Setembro de 2004 às 00:00
SIM
Percebe-se que Sampaio não queira sair de Belém com a mesma imagem de Soares – que tudo fez para destronar Cavaco –, mas, que diabo, o tema em causa enche-lhe a boca sempre que disserta sobre os grandes desígnios nacionais. Se o Presidente diz que não se cansará de gritar “educação, educação, educação”, é caso para se perguntar: “Onde andou nos últimos tempos, senhor Presidente?
Edgardo Pacheco - Editor de Política
NÃO
A verdadeira dimensão da tragédia só foi conhecida na quinta-feira. Sampaio indignou-se na sexta. Fez bem. Não cabe ao Presidente colocar os professores . Exige-se-lhe, isso sim, que ‘puxe as orelhas ao Executivo’ em situações como a que ocorreram na abertura (?) do ano lectivo. Mas só o pode fazer perante factos, para não ser acusado de ‘força de bloqueio’. Ora, neste caso, os factos têm dois dias.
Paulo João Santos - Editor de Portugal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)