Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
2
7 de Junho de 2014 às 00:30

SIM

Naturalmente que o Presidente tem os seus timings para análise dos diplomas, mas não há dúvida de que, neste caso, quanto mais depressa melhor, pois o Governo precisa de alguma previsibilidade e tempo para atuar em caso de chumbo.

José Rodrigues, Grande Repórter

NÃO

O Presidente não é um funcionário do Governo nem deve estar ao serviço dos seus interesses. Se Cavaco Silva decidir pedir a análise do Tribunal Constitucional, deve fazê-lo porque tem dúvidas e não porque Passos Coelho assim deseja.

Hugo Real, editor de Cultura/TV&Media

opinião austeridade constitucional
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)