Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
9
29 de Junho de 2004 às 00:00
Avelino Ferreira Torres, o cidadão Avelino, é o meu ídolo. Talvez uma certa sensação de que vivo numa ‘república de juízes’ e de que terei algumas liberdades condicionadas (como a de discutir com um desconhecido numa bicha, sem o risco dele ser juiz e me mandar prender) tenham contribuído para isso.
A verdade é que, condenado a 3 anos de cadeia (pena suspensa) por ter desviado e usado em seu proveito dinheiros públicos e outras malfeitorias, o homem não só não se encolheu, como desembestou por aí fora, saltando em cima do tribunal e dos juízes que o condenaram, dizendo-lhes que “era mais sério que eles” e chamando-lhes “incompetentes” e “desonestos”. Que a dita cuja sentença “não valia nada” e ele “não iria cumpri-la”.
Para terminar, em suma, com esta subtileza queiroziana: “eu devia chamar-lhe uma sentença de merda mas não chamo!”. Receei o pior, não porque tenha especiais relações com ele, – já me processou por eu ter denunciado uma pequena burla que ele e outros cometiam com dinheiros do Conselho de Arbitragem da FPF–, mas, como agora se diz, por cidadania. Pois ficou tudo a assobiar para o lado, como se nada fora. O PR, o primeiro-ministro, o Governo, a ministra da Justiça, a AR, os deputados, os colunistas, os órgãos judiciais, o PGR, que, na Casa Pia, dispara sobre tudo o que mexe. Bem sei que este pessoal tem todo borlas para os jogos do Euro’2004 e que o doutor Durão está de malas aviadas para Bruxelas, mas, cá para mim e mais 9,9 milhões de portugas, o Avelino meteu-lhe foi o coiso na virilha…
PS: O sr. Vieira anunciou finalmente, no Sabugal, os órgãos de informação inimigos, que devem, segundo ele,“ser deixados a apodrecer nas bancas”: Record, Correio da Manhã, Expresso e SIC. Isto está difícil, mas, cá por mim, vou já procurar emprego.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)