Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
21 de Maio de 2007 às 00:00
SIM
O ‘engenheiro do penta’ teve a sua equipa a lutar até ao último minuto do campeonato, um conjunto, assinale-se, limitado, face às condicionantes físicas que marcaram a temporada. O departamento médico, esse sim, é o calcanhar de Aquiles do Benfica, que, por isso mesmo, necessita operar uma revolução nesse capítulo.
Ricardo Tavares, Editor de Televisão & Media
NÃO
Habituados à gloriosa era do ‘três títulos em cada quatro’, os benfiquistas lidam mal com o fracasso. Por muito sério que seja o trabalho do estimável Fernando Santos, o título voltou a escapar, a Europa acabou-se e nem a Taça serviu de compensação. Um projecto mais ambicioso exige novos métodos (e rostos) no Estádio da Luz.
Leonardo Ralha, Editor de Sociedade
Ver comentários
}