Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
2
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Fernanda Cachão

Berta, a atiradora

"Alguém me acha parecida com o dr. Passos Coelho? Alguém acha que tenho um passado que leve as pessoas a pensarem que sou igual ao dr. Passos Coelho? Eu tenho um passado. Eu não nasci ontem para a política." As palavras não são de Heloísa Apolónia. São da nova secretária de Estado da Defesa, Berta Cabral, em entrevista dada há seis meses à RTP Açores.

Fernanda Cachão 23 de Abril de 2013 às 01:00

Durante a campanha ao governo regional, a ex--presidente da Câmara de Ponta Delgada, que queria chegar ao Palácio de Sant’Ana, atirou tanto a Coelho como a Cordeiro. Talvez tenha sido esta habilidade a torná-la agora apta para o cargo do governo.

Berta Cabral foi técnica superior da Junta Nacional dos Produtos Pecuários, antes de ser requisitada por Mota Amaral para a instalação dos serviços de produtos agropecuários. Entre os os cargos públicos que ocupou refira-se as passagens pela administração da vaca do arquipélago, a SATA, e pela EDA, a empresa de eletricidade regional.

Não se percebe porque se foi buscar um porta aviões ao Atlântico. Talvez seja mesmo outro tiro na água, porque apesar da habilidade para disparar, Berta ficou à porta do Palácio de Sant’Ana.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)