Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
3
20 de Agosto de 2002 às 23:28
Hoje, tentando defender a coisa pública, denunciamos o facto do betão e a ganância de construtores civis e exploradores de pedreiras estarem a contribuir para uma acelerada destruição dum valioso património ambiental e turístico, integrado no Parque Natural da Arrábida. Actuam com prepotência e como se fossem donos de tudo e de todos.

De facto, é visível em todo o concelho a destruição de pinhais, de casas rurais, de lindas encostas e de terrenos agrícolas para se construírem desordenadamente urbanizações, condomínios fechados e prédios para habitação e lojas comerciais.

Ou seja, a autarquia socialista parece apostada em permitir todo o género de abusos e de aberrações urbanísticas em Sesimbra, à semelhança do que aconteceu no Algarve e no concelho de Cascais, nos mandatos do socialista e ex-presidente Judas.

Até parece que a missão dos socialistas é satisfazer quem não tem escrúpulos, nem respeito pelo património paisagístico nacional.

Além desta lamentável situação, verifica-se que Sesimbra não tem infra-estruturas adequadas para atrair e convencer os turistas a voltar. Por isso afastam-se e procuram outros locais. Este ano, por exemplo, todo o comércio se queixa da grande diminuição de turistas.

Não admira que assim seja, porque ninguém de bom senso vai a Sesimbra para comer peixe espanhol a preços exorbitantes, ou para perder horas em longas filas de trânsito até chegar à vila, onde é caótica a circulação automóvel por falta de parques de estacionamento.

Por outro lado, o mau piso e a largura das estradas municipais são uma ameaça à segurança de quem as utiliza, além de não terem bermas nem passeios para os peões. Apesar duma elevada contribuição autárquica, não há saneamento básico na maior parte do concelho.

Por isso são utilizadas fossas privadas e públicas. Também o Cabo Espichel e as Grutas do Zambujal continuam ao abandono. Em Sesimbra, apenas funciona a lei do betão que parece impor as suas regras e o seu domínio sobre o poder autárquico, que tem assessores com ordenados milionários numa Câmara com graves problemas financeiros. Um mistério da gestão socialista para ser investigado...
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)