Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Francisco José Viegas

Blog

Vai um grande burburinho nos EUA sobre Cristo; começou quando a televisão Fox News entrevistou Reza Aslan, tratando-o como "um iraniano que se atreveu a escrever sobre cristianismo".

Francisco José Viegas 2 de Agosto de 2013 às 01:00

Só que Aslan, nascido no cristianismo, que abandonou, e aproximando-se do Islão, que não professa, é um académico que há muito se dedica a escrever sobre assuntos religiosos. O seu novo livro, ‘Zealot.

A Vida e a Época de Jesus de Nazaré’, será publicado na próxima segunda-feira em papel, mas a versão em e-book já circula e tem suscitado reações na imprensa.

Não há grandes novidades, mas algumas provocam polémica num livro que não se serve do Novo Testamento como fonte histórica: desde logo, que Jesus não nasceu em Belém, que João Batista foi mais importante do que Jesus, ou que o cristianismo foi uma criação de S. Paulo. Terá isto a ver com religião? O cristianismo suportará uma dimensão puramente histórica?

 

Tem 550 páginas a ‘Correspondência Amorosa Completa’ entre Fernando Pessoa e Ofélia Queiroz (são 16 anos), organizada por Richard Zenith e publicada no Brasil pela Capivara, com o apoio da Portugal Telecom. Edição belíssima.

jesus cristo eua cristianismo novo testamento livro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)