Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
8
28 de Dezembro de 2008 às 00:30

Num quadro de entendimento com a UE em assuntos da maior importância para o Mundo, como a definição de propostas conjuntas para a crise financeira e a reforma do FMI,no quadro do G20, que ambos consideram traduzir a actual ordem internacional melhor do que o CS e o G8, o Brasil prepara-se para assumir as responsabilidades militares correspondentes ao estatuto de grande potência. O acordo com a França para aquisição de armamento, pelo qual acede a tecnologias bélicas de ponta, é um componente da nova atitude do colosso do Sul: controlo da sua fronteira Norte e da Amazónia, defesa das áreas marítimas de exploração de petróleo e das linhas de comunicação estratégicas do Atlântico Sul.

É o trilho do Brasil para a liderança militar regional e a participação na segurança mundial.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)