Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
6
13 de Janeiro de 2005 às 00:00
Durante a especial começaram a chover pedras, já nos tinha acontecido antes, mas desta vez não conseguimos seguir caminho. Sem perceber bem o porquê destes indivíduos se darem ao trabalho de ir para junto do trajecto atirar pedras aos concorrentes, só sabemos é que fomos obrigados a voltar para trás sem concluir a etapa. Para fugirmos às pedras acabámos por estragar a suspensão dianteira (a do outro lado também não estava grande coisa) e para não corrermos o risco de não chegar a Dacar – já falta tão pouco – decidimos voltar para trás.
Optámos por seguir por estrada até ao acampamento para não danificar mais o Pajero e para nossa alegria encontrámos o Paulo Marques, que também teve problemas com o carro, e acabámos por fazer o resto do caminho juntos. É bom saber que temos companhia nos azares. E este ano não têm sido poucos, mas é para isso que cá estamos e sem eles o Dacar não teria tanta mística nem tantos adeptos. Ainda que muitos o expressem da pior forma. As brincadeiras de criança por vezes não correm da melhor forma.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)