Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
5
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Octávio Ribeiro

Carta a Miguel Relvas

Prezado Miguel Relvas<br/>Ouvi-lo por estes dias a falar de Comunicação Social traz memórias recentes que ninguém quereria recuperar.<br/>

Octávio Ribeiro(octavioribeiro@cmjornal.pt) 4 de Fevereiro de 2012 às 01:00

O tom abrasivo no exercício do poder, quando a área é Media, devolve tempos próximos de esplendor socratista.

Não duvido, caro Miguel, que essa colagem àquela pele de animal feroz, incapaz de conviver com a crítica ou sequer com uma pergunta livre, é involuntária. Resulta certamente da enorme pressão a que o sujeita toda a panóplia de dossiês por si carregados no empenho e generosidade política.

Mas, prezado Miguel Relvas, a área do direito à informação numa democracia é jardim sensível e desaconselha passeios de bulldozer.

Melhor está um elefante tonto numa loja de cristais do que um ministro demasiado próximo de decisões editoriais.

Não, não estou a dizer que é o seu caso. Mas parece. Até porque, caro Miguel, e voltando ao elefante, os cristais põem-se menos a jeito para tinir sobre patas do que certas virgens ofendidas para uso político de circunstância.

Deixemos as metáforas – a crise despoletada na RDP está a fazer cair uma Direcção livre, competente e merecedora de admiração. Talvez por isso mesmo deva cair? Não, não voltemos ao elefante. Ou, prezado Miguel, poderia alguém achar que, de metáfora em metáfora, acabaríamos por chegar a Luanda. Ainda a tactear liberdades e Imprensa.

POSITIVO: NUNO AMADO

O Santander Totta é o único grande banco do mercado português a apresentar lucros, um mérito da equipa liderada por este discreto banqueiro que agora vai liderar o BCP.

NEGATIVO: VASCO GRAÇA MOURA

Sim, somos um País de esses e marcha--atrás. Mas chegar a um cargo público para logo confundir nova missão com velha convicção é um pouco de mais. O Estado não é ele.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)