Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7
7 de Junho de 2006 às 00:00
Em Lisboa, em Arroios, perto do Jardim Constantino, a Câmara quer demolir um prédio de três andares. A oposição protesta: “É o prédio mais estreito da Europa, há que preservá-lo.”
Eu, desde que vi uma cidade, Reno, nos Estados Unidos, orgulhar-se de ser a “maior mais pequena cidade do Mundo”, aprendi que há vaidades para tudo. Este prédio lisboeta está desabitado e em risco de cair, mesmo sem a ajuda do camartelo camarário.
Em sua defesa tem o facto de a fachada ter 1,60 metros de largura. Leitor, abra os braços, sem exagero: é isso. Não abra mais, senão não entra.
Por mim, pode vir abaixo. De que me serve um prédio onde não me posso gabar do tamanho dos peixes que pesco?
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)