Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
2
6 de Janeiro de 2006 às 00:00
SIM
O exercício de funções políticas não é apenas uma questão de serviço público. Como tudo na vida, os bons profissionais devem ser pagos de acordo com as suas qualificações e o seu prestígio. E, neste aspecto, a política não é uma excepção. Por isso, os portugueses, se querem ser governados pelos melhores, devem criar condições para que eles sintam que vale a pena fazer política em Portugal.
António Sérgio Azenha, Editor de Política
NÃO
Os governantes são mal pagos para o grau de responsabilidade que têm, mas achar que subir os ordenados resolve a mediocridade é apenas um sonho lindo. Os altos quadros de reconhecida competência fora da esfera governativa (de empresários a investigadores) estão longe por outra razão: têm nojo da intriga, da calúnia e dos golpes baixos. ‘Qualidades’ dos chamados políticos profissionais.
Nuno G. Pereira, Editor de Sociedade
Ver comentários