Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
5
2 de Fevereiro de 2008 às 00:30
Um narcisismo de exposição mediática fez o resto. Esteve sempre à frente da linha da bola conduzida pelo chefe do Governo. Acabou fora-de-jogo assinalado pelo PR. Agora todos os governantes recuam olhando para José Sócrates.
Ana Jorge já anunciou o que se segue: os ministros endossam a responsabilidade e consultam primeiro.
Ver comentários