Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
29 de Abril de 2007 às 00:00
Diz Soares Franco: a vitória no dérbi pode valer mais de um milhão de contos. Responde Paulo Bento: o meu objectivo são os pontos. Afinal, o que é mais importante? Eis uma pergunta que tem tanta resposta como a que questiona quem nasceu primeiro, se o ovo ou a galinha.
A verdade é que Bento trabalha para os pontos mas recebe em contos – ou em euros, para sermos mais rigorosos, mas nesse caso o trocadilho não tinha graça nenhuma.
O Sporting, quando entra em campo, pensa nos pontos, que é através deles que pode chegar ao primeiro lugar do campeonato. Mas quando – e se – o primeiro lugar deixar de ser um objectivo atingível, quererá seguramente ser segundo, mesmo que o segundo seja o primeiro dos últimos e não tenha uma Taça à espera no final da Liga. Porquê?
Porque, com menos pontos, o segundo lugar garante tantos contos como o primeiro, através da Liga dos Campeões. E ao Sporting pode garantir a permanência das jovens estrelas por mais uma época. É que estas também recebem em contos. Ou euros, mas...
Ver comentários