Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
13 de Fevereiro de 2003 às 00:05
SIM

O Governo não tomou uma única medida geradora de emprego. Pelo contrário. No sector público, a ordem é despedir e congelar vagas; no sector privado, não há qualquer incentivo aos empresários para dinamizarem os seus negócios e, consequentemente, criarem postos de trabalho. Pior: assiste, impotente, ao encerramento de unidades fabris, deixando milhares de famílias a viverem do parco subsídio de desemprego. E, como se não bastasse, aprovou um Código de Trabalho que não dá estabilidade a quem trabalha.

Paulo João Santos
Editor de Sociedade

NÃO

Quando a sociedade civil é uma quimera, está bem de ver que o culpado das crises é sempre o Governo. Sucede que a falta de competitividade da economia nacional – a primeira causa do desemprego – deve ser procurada nos conselhos de administração de empresas cujos produtos finais não interessam aos consumidores de países desenvolvidos. Aqui, a imprensa especializada publica anualmente uma lista dos piores empresários locais. Se a ideia pegasse por cá, os trabalhadores estariam mais protegidos da incompetência que permanece alegremente impune.

Edgardo Pacheco
Editor de Política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)