Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
3
20 de Janeiro de 2007 às 00:00
Entre Kayes e Tambacounda o traçado não era nada fácil. A parte inicial era muito estreita, com árvores pelo caminho, e a ponta final com estradões muito rápidos e ainda com zonas de muito mau piso e valas profundas.
A prova correu de forma normal, apenas apanhámos um susto quando uma vaca enorme saiu do meio do mato à nossa frente numa altura em que íamos a rodar num ritmo muito elevado.
Perdi alguma concentração, numa prova classificativa onde a concentração era muito importante, já que no caminho até à meta surgiam várias armadilhas.
Contudo, só posso estar satisfeito porque voltámos a andar no grupo da frente o que nos dá bastante prazer, embora com a prova tão próxima do fim, isso acabe por ser irrelevante em termos de classificação geral.
Voltar a vencer uma etapa, continua a ser um objectivo. Hoje [sexta-feira] não conseguimos, mas logo se vê se amanhã [sábado] será melhor. Sei, no entanto, que esse objectivo não será nada fácil porque a Mitsubishi mantém um ritmo muito vivo, já que anda atrás da sua primeira vitória numa etapa e está muito empenhada nisso.
Mas eu também vou tentar, e logo se vê…
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)