Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
4
24 de Fevereiro de 2012 às 01:00

Ninguém espera do Governo que esboce uma dança da chuva. Há-de chover quando assim o determinarem as condições meteorológicas. Espera-se sim, uma atitude firme e determinada perante as instituições internacionais de forma a criar melhores condições de liquidez para a nossa economia. A coligação PSD/PP não parece com força e convicção para isso mas os resultados falarão por si.

O PS formulou com clareza as suas propostas. Mais um ano para cumprir o deficit, possibilidade de uso da verba não usada na recapitalização da banca para injectar liquidez no sistema e criação de uma linha de crédito para as empresas, com prioridade para as exportadoras e as que substituem importações.

O Governo está à cabeceira de um país doente, mas é incapaz de lhe estancar a maleita. Antes a tem agravado com a sua obsessão pela austeridade. Aproveitará a visita do "médico" para propor outro remédio?

Ver comentários