Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7
19 de Julho de 2007 às 00:00
E os deputados socialistas, mostrando um ingénuo seguidismo, rejubilaram com o anúncio do orçamento e nem questionaram o significado do corte informativo.
O Norte, que tem perdido poder económico, influência política e importância no contexto nacional, vê agora, sem contestação significativa, fugir parte do mais importante meio de informação que ainda tem. A troco de quê? De lentilhas, de trocos, parte dos quais já estavam há muito previstos (Media Parque) e de uma promessa de aumento de conteúdos de entretenimento. Que pouco interessam e que por cá continuam apenas por serem mais baratos...
Não faltará quem daqui a meses venha lamentar-se da falta de cobertura das iniciativas que, apesar de tudo, vão acontecendo aqui pelo Norte e do facto de não serem divulgados para todo o País.
Pena é que, na sua maioria, estejam agora calados, como o têm estado, aliás, à medida que os órgãos de comunicação social com sede do Porto desaparecem e os outros fazem definhar, em número e em importância, as suas delegações a Norte.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)