Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
14 de Março de 2007 às 00:00
Como represália, Angola também deixou de aceitar as “cartas” portuguesas, levando Lisboa a tentar um acordo com Luanda. Para quê, Deus meu? Ainda anteontem, a perícia que exibimos nas estradas nacionais produziu 382 acidentes e 5 mortos, números triviais no quotidiano rodoviário.
Não me espanta que a ditadura angolana, avessa ao bem-estar dos seus cidadãos, faça birra para que eles conduzam cá e, suponho, volte a autorizar que os portugueses conduzam lá. Mas lamento que, numa clara violação dos direitos humanos, o nosso Governo permita aos portugueses conduzirem onde quer que seja, até em Portugal.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)