Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
9
8 de Dezembro de 2006 às 00:00
SIM
Desde que assegurem a vigilância e o controlo eficaz dos jovens autores de crimes, as pulseiras podem ter vantagens sobre os centros, herdeiros das velhas casas de correcção, onde os menores não raro aprofundam a formação na delinquência. Além disso, poupam aos contribuintes uma verba significativa na manutenção dos criminosos.
João Ferreira, Editor de Sociedade
NÃO
Deixar os meninos delinquentes em casa com pulseiras electrónicas é uma extravagância desta nova vaga de educadores . O que essas crianças precisam é de uma boa casa de correcção – onde haja ordem e disciplina, em vez de permissividade. Talvez os reformatórios saiam mais caros ao Estado. Mas creio que serão mais eficazes.
Manuel Catarino, Editor de Portugal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)