Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
29 de Janeiro de 2008 às 00:30
Uns chamam-lhe azar, outros ineficácia. A verdade é que, pela segunda vez neste campeonato, o FC Porto regressou a casa sem ter marcado qualquer golo e, pior do que isso, sem nenhum ponto no bornal. Em Alvalade, os campeões nacionais pagaram caro uma tremenda falta de pontaria, enquanto o Sporting de Paulo Bento – com dois tiros certeiros – pode ter conseguido uma injecção de moral que tanta falta lhe fazia.
E, sobretudo, não deixou fugir o Benfica, que na véspera tinha conseguido uma importantíssima vitória no difícil terreno do Vitória de Guimarães. É certo que os encarnados viram a sua desvantagem para os portistas reduzida para apenas um dígito, mas, até por aquilo que o dragão mostrou em Lisboa, apesar da derrota, não se deve considerar que a equipa comandada por Jesualdo Ferreira perdeu qualquer pedaço de favoritismo para a conquista do campeonato. O mais realista para Benfica e Sporting é mesmo prepararem-se para disputar entre si o segundo lugar e o mui precioso apuramento directo para a Liga dos Campeões.
Um dos derrotados da jornada é o Vitória de Guimarães que, ao perder no seu reduto com o Benfica, não apenas não ultrapassou os encarnados como viu como o Sporting o ultrapassava. E de um potencial segundo lugar, os homens de Cajuda passaram para quarto, ainda assim mantendo a condição de uma das sensações da temporada. Vitória de Setúbal, Sporting de Braga e Marítimo formam um pelotão que persegue os vimaranenses e que se mostra disposto a lutar por um lugarzinho na Europa do futebol. E só não se junta o Belenenses a este pequeno grupo, porque os do Restelo têm sobre si a terrível ameaça de virem a ser punidos com a retirada de seis pontos que os afastará destes lugares de candidatura europeia.
Cá para trás, a primeira vitória do União de Leiria nesta edição do campeonato, sobre a Académica de Coimbra, não impede que leirienses mantenham uma posição desesperada, longe da salvação. Mas entre o penúltimo, o Paços de Ferreira, e o décimo lugar, o Leixões, há apenas quatro pontos de diferença, pelo que não é difícil prever uma acirrada luta pela não condenação.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)