Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
5
14 de Junho de 2006 às 00:00
Em complemento, diz a Angop que “Angola perdeu por excessivo receio do adversário” e que “os palancas surpreenderam o mundo”. Em ajuda de Angola, Arthur Dapiev escreve no ‘Globo’ que “Portugal precisa ter vergonha na cara e suar a camisola” e que “Angola só perdeu pelo complexo de vira-latas de ex-colónia”. Angola parece inchar com as simpatias globais e com a sensação de vitória apesar da derrota, talvez por ter sido mínima… A comprovar a auto-satisfação angolana tenho no telemóvel duas mensagens, uma vinda lá da banda, outra daqui mesmo.
Diz a de Angola que “somos o único povo do mundo que festeja as derrotas com tal convicção que os vencedores até se convencem de que perderam”, e acrescenta a de Portugal uma pergunta, “vamos fazer mais como?”, um alarde – “Com a força que estamos com ela!”, e uma despedida emocional “eternamente orgulhosos por Angola, a TERRA!”.
Oxalá o México não esvazie este balão e possa a Sr.ª da Muxima distrair a Sr.ª de Guadalupe e dar assim uma ajudinha aos ‘palancas’…
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)