Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
27 de Junho de 2010 às 00:30

Por outro lado, o título abre um trilho para mencionar a retirada da competição de cinco equipas nacionais africanas que tombaram nesta fase de grupos. Apenas o Gana continua, o que não deixa de constituir uma desilusão para o continente. Sobretudo o afastamento da África do Sul foi vivido com mágoa, tendo em conta o entusiasmo que os Bafana--Bafana suscitaram transversalmente na população.

As autoridades da RSA estão orgulhosas com a forma como a organização do Mundial está a funcionar. Há quem coloque mesmo a hipótese de uma candidatura sul-africana aos JO de 2022. Pelo que vi, merecem o maior apoio.

Ver comentários