Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
5
12 de Agosto de 2003 às 00:00
SIM
A juventude portuguesa é hoje melhor e está mais bem preparada do que há 10 anos. Temos jovens com ideias, com talento e com capacidade para enfrentar os desafios do futuro. A ameaça da “geração rasca” não se concretizou.
O que se pode questionar é se temos no País governantes com capacidade para canalizar os recursos necessários para apoiar e dinamizar o que a juventude tem de melhor. Sem complexos e sem receio de apostar nos jovens.
Miguel Alexandre Ganhão
Editor de Economia
NÃO
Se dependessem apenas do voluntarismo e da capacidade criativa, os jovens portugueses até tinham razões para confiar no futuro. O problema está na cultura organizacional que os rodeia. O sistema de ensino é, com as devidas excepções, miserável, as empresas são retrógradas, o mercado nacional é ínfimo e a própria sociedade fomenta mais o carreirismo do que o mérito individual. Quando associações de jovens dependem ou são emanações de partidos políticos, está tudo dito.
Edgardo Pacheco
Editor de Política
Ver comentários