Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
8 de Fevereiro de 2011 às 00:30

SIM

Sempre que vai ao mercado, Portugal tem uma resposta positiva por parte dos investidores institucionais. A procura excede a oferta o que, num contexto de crise das dívidas soberanas, não pode deixar de ser um negócio para a República.

Miguel Alexandre Ganhão, Editor Executivo

NÃO

Que a necessidade obrigue a pagar juros elevadíssimos, aceita-se. Não há alternativa, o País precisa de dinheiro. Mas é um mau negócio. O recurso a sucessivos balões de oxigénio a taxas próximas dos 7% terá consequências muito duras a médio e longo prazos.

Paulo João Santos, Chefe de Redacção

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)