Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Armando Esteves Pereira

Dívida sem antídoto

Segundo os dados do Banco de Portugal, a dívida pública já ultrapassava em fevereiro os 208 mil milhões de euros, o que significa um patamar de 126% do PIB.

Armando Esteves Pereira(armandoestevespereira@cmjornal.pt) 21 de Abril de 2013 às 01:00

Enquanto a produção de riqueza baixa e a dívida aumenta, a capacidade de o País honrar todos os compromissos reduz--se. Em 2014, o endividamento do Estado chegará aos 140% do PIB, e não estão incluídas neste buraco muitas das dívidas gigantescas de empresas públicas.

Face ao nível de riqueza, Portugal tem a terceira maior dívida do Mundo, só ultrapassada por Japão e Grécia. Tal como os gregos, os portugueses estão entre as maiores vítimas da austeridade. Como diz o FMI, a economia nacional tem sinais de debilidade. E o remédio de Gaspar, em vez de curar, tem agravado a doença.

dívida antídoto pib fmi grécia remédio
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)