Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
3
14 de Junho de 2007 às 00:00
Muito pouco transparente continua a ser o processo de concessão do Teatro Rivoli. Agora, é Filipe La Féria a fazer uma espécie de “chantagem” sobre portuenses e nortenhos: “Ou enchem o teatro por três meses para o meu ‘Jesus Cristo’ ou vou-me embora”. Em resumo caricaturado, La Féria responde assim à pergunta se irá ou não assumir a gestão do equipamento, responsabilidade a que se obrigou ao aceitar ser o vencedor do concurso para a concessão que a Câmara lançou e cuja conclusão já vem do princípio deste ano…
O mesmo La Féria criou a “Todos ao Palco” e fez do Rivoli, património municipal, a sua sede social, sem dar cavaco a ninguém e muito menos à câmara! Mesmo temporária, aí está uma situação de verdadeira “ocupação selvagem” de edifício público. Por muito menos, os ocupantes que passaram uma noite do Rivoli em protesto contra a concessão engendrada pelo município foram parar à polícia. Chega a ser divertido o este dossier.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)