Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
11 de Novembro de 2009 às 00:30

SIM

Não poderia ser de outra forma após tanto tempo de instabilidade nas escolas. A nova ministra não pode ser cega e surda à agitação dos professores. Maria de Lurdes Rodrigues testou a sua reforma, fez o seu trabalho, e foi embora. Agora é uma nova aventura.

Manuela Guerreiro, Subeditora de Sociedade

NÃO

Maria de Lurdes Rodrigues lutou durante quatro anos para implementar um modelo de avaliação que já serviu para examinar milhares de professores. Com esta decisão haverá duas avaliações diferentes para uma mesma categoria profissional. Um erro.

Miguel Alexandre Ganhão, Editor executivo

Ver comentários
C-Studio