Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
2
5 de Novembro de 2006 às 00:00
Num cenário praticamente inexistente – apenas uma mesa e três cadeiras, com umas janelas enormes e desconjuntadas ao fundo – movem-se os actores dentro de figurinos de época e num registo que procuraram, também, respeitador do tom com que imaginamos os nossos conterrâneos do séc. XIX.
Do empenhado elenco destacam-se as interpretações de Renato Godinho (um Eça genial, num grande trabalho de composição), António Marques (fantástico como Ramalho), Luiz Rizo (Antero), Anna Paula e uma comovente Fernanda Neves.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)