Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
17 de Fevereiro de 2006 às 00:00
Essas conversas pertencem à mesma família das que dizem, neste País à beira da seca, que os dias de chuva são “mau tempo”. Mas esta última, ao menos, tem a desculpa do gosto pelo Sol.
As outras, sobre o não gosto pelo trabalho, não percebo. Será o trabalho tão mau que a conversa comum sobre ele seja cuspir-lhe em cima? E alguém que fala para o mundo com um microfone tem assim tantas razões de queixa por trabalhar?
Vou lembrar um truque. Façam o trabalho bem feito e serão recompensados: voltam a dar-vos trabalho. Voltem a fazê-lo bem feito: novo prémio. E assim por diante. Um dia, sem darem por isso, o trabalho entranha-se.
Ver comentários