Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7
6 de Junho de 2010 às 00:30

 Já os mexicanos detestam-no ao ponto de terem corrido com ele da selecção com extensos abaixo-assinados. Nos clubes foi feliz: permanece até hoje o único treinador que venceu o campeonato e uma prova europeia no mesmo ano por 3 clubes, um deles o Benfica. Nas selecções, que prefere, tem sido infeliz: desilusão na Inglaterra, balbúrdia no México, nenhuma honraria. A duplicidade estendia-se ontem à rede: lusófonos destacavam o seu perdão ao brasileiro-japonês que partiu o braço a Drogba, mas os anglo-saxónicos só queriam saber se já está no Liverpool. Os jornais ingleses esfregam as mãos. Ao contrário de cá, onde a faceta profissional é valorizada, lá é a vida privada do ‘mulherengo’ Svennis que faz as manchetes.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)