Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
14 de Dezembro de 2005 às 00:00
SIM
O exercício de cidadania que é o direito a reclamar (e que deve ser exercido com ponderação e bom senso) será um poderoso incentivo para melhorar, não só a qualidade do Ensino ministrado nas nossas escolas, mas também todas as infra-estruturas que servem de base à Educação. Professores, funcionários e conselhos directivos ficam agora sob o escrutínio daqueles a quem prestam serviço.
Miguel Alexandre Ganhão - Editor de Economia
NÃO
A Educação não é um simples serviço para merecer um inútil livro de reclamações que atesta a qualidade: escola com o livrinho em branco não será por isso de grande qualidade. O Livro de Reclamações em nada vai contribuir para a qualidade do Ensino. Enquanto houver professores a ensinar que o mar se chama Mediterrânico – por muito que se reclame, a ignorância deixará marcas.
Manuel Catarino - Editor de Portugal
Ver comentários