Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
2
4 de Maio de 2012 às 01:00

Este investimento permitirá criar 1500 novos postos de trabalho, num momento difícil da vida social e económica do país.

Neste caso, a boa notícia não ficou solteira. Daqueles 1500 empregos, pelo menos 500 postos de trabalho serão destinados a profissionais com qualificações superiores, em áreas tecnológicas.

Portugal está pois no bom caminho da recuperação da confiança dos investidores internacionais, depois de vários anos ruinosos de perda de credibilidade. Empresas multinacionais desta dimensão não brincam com o seu dinheiro, nem têm por hábito aventurar-se em investimentos arriscados. Também por isso estas notícias são tão importantes.

O que este investimento nos vem dizer (à semelhança do que sucedeu no investimento da China Three Gorges na EDP) é que as reformas que estamos a realizar no Estado, nas finanças e na economia do país vão no sentido certo. No sentido da do crescimento sustentável e da criação de emprego.

Também esta semana, o INE vem revelar que os indicadores de confiança dos empresários e dos consumidores em Portugal estão a recuperar. Recobrar a confiança e a credibilidade é decisivo para o futuro do país. Disso dependem o financiamento e a competitividade das nossas empresas, a captação de investimento estrangeiro, o impulso da iniciativa nacional e o emprego para as futuras gerações. Nas comemorações do 25 de Abril, o Presidente da República exortou-nos a acreditarmos no futuro colectivo e a apostarmos na projecção da credibilidade do País. Há hoje sinais de esperança.

Primeiro Emprego País Real Almeida Henriques
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)