Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Armando Esteves Pereira

Estado sem dieta

O Governo anunciou uma redução da despesa pública. Afinal o que acontece é uma travagem, mas o dinheiro gasto pelo Estado vai subir. Em 2006 a despesa pública vai chegar aos 70,4 mil milhões de euros, o que significa cerca de sete mil euros por cada cidadão residente.

Armando Esteves Pereira(armandoestevespereira@cmjornal.pt) 17 de Outubro de 2006 às 00:00
Para o ano, o Estado prevê gastar 72,5 mil milhões de euros. Basta fazer uma simples conta de aritmética para ver que não há uma redução. É tarefa muito complicada fazer um orçamento com uma estrutura de custos tão rígida como tem o Estado português e seguramente que Teixeira dos Santos faz o melhor que pode.
E se os protestos são tão grandes com os cortes anunciados, imagine-se o que seria com uma real redução de despesa num País tão dependente do Orçamento. A consequência é a continuação da sobrecarga das receitas fiscais. A pressão do Fisco bate todos os recordes e há o risco de a pressão passar os limites para a repressão fiscal. Bastava um sinal de redução da despesa corrente primária, que não conta os juros. O Governo não conseguiu fazer isso.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)