Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
8
29 de Maio de 2013 às 01:00

SIM

Um despedimento é sempre uma tragédia (tirando aqueles que envolvem ‘paraquedas dourados’ e um novo emprego à espera), mas os funcionários públicos não devem ter um estatuto diferente dos restantes trabalhadores portugueses.

Leonardo Ralha, Grande Repórter

NÃO

De ‘vaca sagrada’, a Função Pública passou a ‘carne picada’ na trituradora do governo. Com estas políticas de cortes cegos, o País mais parece um talho gerido por açougueiros sedentos de sangue. Este governo não despede, abate!

Rogério Chambel, Editor de Correio do Leitor

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)