Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
3
4 de Junho de 2004 às 00:00
SIM
Com o nível a que está a campanha eleitoral, não há apelos ao voto que resistam a um fim-de-semana alargado, ou a uma antecipação das férias em quatro dias. Votar é um dever cívico, mas os nossos políticos não sabem motivar os eleitores a exercer esse seu direito. A abstenção, que tem vindo a aumentar nos sucessivos actos eleitorais, é um sinal que a classe política tem ignorado olimpicamente.
Miguel Alexandre Ganhão - Editor de Economia
NÃO
Quem tem intenção de exercer o seu direito de cidadania não se deixará, por certo, desmotivar por uma qualquer ponte no calendário. Por mais convidativa que ela possa parecer. Negar uma tolerância de ponto alegando que a mesma é um ‘convite’ para os cidadãos não irem às urnas é um insulto à maioridade democrática do povo português. Os motivos que ditam a abstenção não estão no calendário.
Luís F. Silva - Subeditor de Cultura & Espectáculos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)