Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
5
24 de Agosto de 2004 às 00:00
Se em oito anos só recuperamos dois pontos de aproximação ao nível médio, demoraremos um século a alcançar esse desejo,e provavelmente há alguma dose de optimismo nesta projecção, porque nos últimos três anos até nos temos vindo a afastar da média. Também neste campeonato fomos humilhados pelos gregos que nos ultrapassaram. E Espanha está cada vez mais próxima da Europa rica e longe de nós. Se já éramos os mais pobres da Europa a Quinze ainda nos arriscamos a um lugar mais modesto na União a 25. O único antídoto contra esta condenação é apostar a sério na produtividade, que tem de ser uma ambição nacional, partilhada por empresários, gestores, trabalhadores, políticos, educadores. Esse é o pacto nacional verdadeiramente urgente.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)