Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
8
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

João Pereira Coutinho

Gaiolas

Muhammad Yunus, o criador do microcrédito, disse um dia que o Estado Social, quando levado até às últimas consequências, era muito semelhante a um jardim zoológico. As pessoas são tratadas, alimentadas, mantidas – mas não há nenhum interesse em torná--las seres actuantes e responsáveis.

João Pereira Coutinho 9 de Junho de 2012 às 01:00

 Curiosamente, a discussão recente em torno do novo Estatuto do Aluno levou uma parte da esquerda a defender esse jardim zoológico. Segundo alguns sermões, não é possível exigir aos pais – aos pais pobres de alunos faltosos – que vigiem a assiduidade das crias. Os pobres não pensam nem têm capacidade para. Donde, qualquer multa ou corte na prestação social pelo absentismo dos filhos é uma violência sobre seres irracionais e dóceis, que apenas pedem para ser tratados, alimentados e mantidos nas respectivas gaiolas. Este discurso, longe de ser caridoso, é na verdade um insulto para os mais pobres. E um contributo inestimável para a cultura de atraso em que fomos afocinhando.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)