Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
4
16 de Abril de 2010 às 00:30

SIM

Com o aumento dos preços do petróleo, seria insustentável para os cofres do Estado subsidiar o custo do gás. É preciso recordar que em 2008 e 2009 os preços desceram, chegou agora a altura de fazer repercutir no consumidor a evolução internacional.
Miguel Alexandre Ganhão, Editor executivo

 

NÃO

Combater o défice congelando salários é muito pouco imaginativo, mas enfim...O que é inaceitável é travar o rendimento e aumentar bens de primeiríssima necessidade, como o gás natural. Será que não querem que cozinhemos? Ou que não tomemos banho?
Paulo João Santos, Chefe de Redacção

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)