Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
6
25 de Outubro de 2009 às 00:30

SIM

Os referendos servem precisamente para os cidadãos se pronunciarem em matérias desta natureza, como foi com o abortoe como será um dia, por exemplo, com a eutanásia. São temas fracturantes, que ultrapassam o pensamento político de cada um.

Paulo João Santos, Editor de Fecho

NÃO

O casamento gay é uma matéria que a democracia representativa (os deputados em nome do povo) pode e deve resolver. O assunto é importante, mas não de relevante interesse para a Nação. O País não pode ser governado por referendos .

José Rodrigues, Editor de Política e Economia

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)