Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

João Vaz

Guerras

O republicano Gary Johnson, de 48 anos, governador do Novo México em 1995-2003, anda na estrada a lutar pela nomeação do seu partido para as presidenciais 2012 nos EUA. Acha-se um no-vo Bill Clinton, governador do Arkansas antes de concorrer à Casa Branca, e tem propostas interessantes: diz que como a guerra contra a droga corre tão mal como a do Iraque, se for eleito acaba com as duas. E avisa a aflição que é os EUA "continuarem a gastar mais do que têm, o que é insustentável" e está a chegar ao fim.

João Vaz 8 de Fevereiro de 2011 às 00:30

Fidel: Uma citação do ex-líder cubano datada de 1986 e apelando à "gestão criativa" ocupa mais da quarta parte da primeira página do ‘Granma’ de ontem. Nas páginas interiores a assembleia de operários de Matanzas conclui que é necessário "mais produtividade e menos gasto".

Faróis: As viaturas e camionetas novas vendidas na UE devem desde ontem ter faróis de luz de dia, que consomem menos do que os clássicos. A Comissão de Barroso pensa assim reduzir os acidentes de viação em 5 a 15%.

Tabaco: O ‘guru’ da economia Jacques Attali propôs no seu blogue a proibição da "produção, distribuição e consumo de tabaco". Adianta que dá por ano à França 16 mil milhões de euros em impostos.

15% dos americanos fazem mais sexo quando está muito frio, diz sondagem AP.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)