Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7
22 de Agosto de 2010 às 00:30

Os bombeiros têm sido, justamente, homenageados pelos órgãos de comunicação social, populações e responsáveis políticos. Há, contudo, outros heróis que têm estado empenhados até ao limite no combate a esta tragédia e que têm sido esquecidos, que não têm sido alvo da visibilidade e do reconhecimento de que são merecedores.

Refiro-me aos homens da GNR, aos patrulheiros, activos intervenientes na garantia da segurança e do bem-estar das populações que têm estado no âmago do perigo. Estes profissionais, com uma disponibilidade por vezes desafiadora das suas próprias capacidades físicas e ultrapassando as meras competências policiais a que estão dedicados, têm assumido as mais diversas valências no apoio às populações ameaçadas, assumindo atitudes verdadeiramente heróicas, sem que os diversos responsáveis o reconheçam.

Os patrulheiros mereciam, da parte do MAI, a devida valorização – são estes que, permanentemente, se expõem ao risco, sob condições de serviço deploráveis e sem horário de trabalho; são estes a verdadeira alma da GNR.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)