Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
29 de Agosto de 2007 às 00:00
Fez 17,74 metros no triplo salto e conquistou o primeiro título mundial para Portugal numa disciplina técnica. Há 23 anos, Carlos Lopes ganhou a maratona dos Jogos Olímpicos de Los Angeles. Há 20 anos, Rosa Mota, em Atenas, sagrou-se campeã do Mundo da mesma distância. E lançaram o lastro a uma geração de sucesso de atletas de fundo e de meio-fundo. A correr fomos bons porque basta um caminho de cabras para qualquer um poder treinar. O que explicaria, também, os êxitos dos atletas de fundo do Terceiro Mundo. O triplo salto exige outras condições. E sem bola. Com bola, vamos lá ver o que o Benfica consegue fazer hoje.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)