Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
2
1 de Fevereiro de 2009 às 00:30

SIM

A acumulação de indícios de que poderá ter havido corrupção no processo de aprovação do Freeport devido à acção de governantes já seria assunto de Estado, mesmo que não estivesse em causa o actual primeiro-ministro. Cavaco Silva tem toda a razão.

Leonardo Ralha, Editor de Cultura & Multimédia

NÃO

Todas as hipóteses são admissíveis e o caso poderá transformar-se eventualmente numa questão de Estado, mas, neste momento, ainda estamos no domínio puro da investigação. Como diz Alegre, 'vive-se numa nebulosa'. Importa, para já, dissipar as nuvens.

Paulo João Santos, Editor de Fecho

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)