Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
4
20 de Junho de 2008 às 00:30
A curtíssima metragem (do género documental) expunha uma cena de abuso numa sala de aulas. Perante a evidência dos sons e das imagens, o público reagiu muitíssimo bem. As escolas portuguesas não se viram livres dos seus meliantes mas perderam-lhes o medo. Esta é a opinião do procurador-geral da República, que foi ao Parlamento falar sobre o assunto. O ‘medo de represálias’ e o ‘medo da má fama’ tolhiam as vítimas remetendo-as ao silêncio, mas ‘já lá vai o tempo em que havia medo de denunciar as situações’. O optimismo de Pinto Monteiro é inspirador. E se não é, tem de ser.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)