Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Miguel Alexandre Ganhão

Jantares na sexta-feira negra

No primeiro sábado de junho vão realizar-se eleições para escolher o grão-mestre.

Miguel Alexandre Ganhão(miguelganhao@cmjornal.pt) 28 de Novembro de 2016 às 01:45
No passado dia 25 de novembro os centros comerciais deliraram com mais uma ‘black friday’ (sexta-feira negra), tradição importada dos Estados Unidos que permite ao comércio anunciar descontos agressivos antes da época natalícia, insuflando no consumidor a ideia de que, pelo menos uma vez no ano, consegue enganar as grandes superfícies. Mas enquanto milhares se acotovelavam no mundo profano à procura de bens materiais, algumas centenas meditavam, em separado, em temas mais profundos.

Como é sabido, no primeiro sábado de junho de 2017 vão realizar-se eleições para a escolha do Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano (GOL), a mais antiga obediência maçónica portuguesa. Ainda sem indicação clara se o atual Grão-Mestre, Fernando Lima, se vai recandidatar, as águas maçónicas começam a agitar-se. E a noite da passada sexta-feira ficou marcada, em Lisboa, por dois jantares de reflexão (e talvez de contestação) à atual liderança do GOL.

Na Valenciana, em Campolide, juntaram-se os partidários do politólogo José Adelino Maltez, possível candidato à liderança do GOL e grande opositor do atual Grão-Mestre, Fernando Lima.

No Palácio Braamcamp, no Príncipe Real, foi lançado um novo ciclo de encontros subordinado à temática ‘Refletir e Construir’, por um conjunto alargado de maçons. Desta iniciativa foi dado conhecimento prévio ao atual Grão-Mestre. Entre os temas discutidos nesta reunião destacaram-se o segredo e o sigilo na Maçonaria, as mulheres na Maçonaria, o princípio do monopólio da autoridade territorial das Obediências, entre outros.

Segundo apurou o Correio Indiscreto, tratou-se de mais uma reunião de "bases", no seguimento daquelas que aconteceram em outubro em Guimarães e Ponte de Sor, com os mesmos protagonistas.

Segundo alguns maçons, perfilam-se duas correntes para suceder ao lugar ocupado por Fernando Lima: uma mais filosófica e tradicional, corporizada em José Adelino Maltez, e outra mais pragmática e interventiva, que ainda não tem candidato definido, mas que pode bem ser o economista Daniel Madeira de Castro, da Loja Acácia, que em 2014 anunciou que se candidatava contra Fernando Lima.

Pelicano Investimentos revela credores famosos
A sociedade Pelicano Investimentos Imobiliários, que pretendia desenvolver um projeto de 415.000 m2 na mata de Sesimbra em colaboração com uma das empresas do Grupo Espírito Santo (a ESPART), entrou em processo especial de revitalização.

Entre as centenas de credores já reconhecidos pelo tribunal, contam-se nomes famosos: Fernando Gomes, ex-ministro do PS e atual administrador da SAD do FC Porto; o advogado de Duarte Lima, Raul Soares da Fonseca, e ainda os escritórios do ex-ministro do PSD; José Pedro Aguiar Branco e o escritório de advogados de Rogério Alves.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)