Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
6 de Dezembro de 2008 às 00:30

SIM

Num clima económico-financeiro tão delicado como o que vivemos, é fundamental que o País defina urgentemente um rumo. Isso é de todo impossível em ambiente eleitoral, sobretudo quando se governa a pensar nas urnas. Esperar até Outubro é demasiado perigoso.

Paulo João Santos, Editor de fecho

NÃO

Não existe motivo para eleições antecipadas. A maioria parlamentar é estável – e arrisca-se a ficar ainda maior devido à falta de alternativas válidas – e, a não ser que haja revelações inquietantes nos próximos meses, deve cumprir na íntegra o seu mandato.

Leonardo Ralha, Editor de Cultura & Multimédia

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)