Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7 de Agosto de 2004 às 00:00
SIM
“O Pedro está mal”. As palavras de Nina, mulher do futebolista, dizem tudo. Só um milagre poderá trazer o jogador de volta aos grandes palcos. Se é difícil abandonar os relvados quando as chuteiras pesam, é dramático interrompê-lo a caminho da glória. Mas quatro (!) operações ao joelho não deixam alternativa. Mantorras deve mentalizar-se que poderá ainda dar muito ao futebol, mas de outra forma.
Paulo João Santos - Editor de Portugal
NÃO
É cedo falar em abandono do futebol. E são os próprios médicos que tratam a lesão de Mantorras quem dão sinais dessa realidade, optando por continuar os tratamentos que permitam a recuperação total do atleta. O abandono de Mantorras tem de passar pela opinião dos especialistas e a esperança deve ser sempre a última a morrer. Que o digam Jorge Costa, Venâncio e até mesmo o brasileiro Ronaldo.
Pedro Sequeira - Editor de Desporto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)